Por gabriela.mattos

Rio - Os policiais da 20ª DP (Vila Isabel) cumpriram, nesta segunda-feira, mandado de prisão preventiva contra um homem acusado de estuprar a própria enteada de 12 anos. O suspeito já havia sido detido no dia 12 de fevereiro, após ser expedido um mandado de prisão temporária.

Segundo o delegado titular da unidade, Hilton Pinho Alonso, os familiares da vítima procuraram a delegacia no dia 10 de fevereiro, informando que ela vinha sofrendo os abusos desde os 7 anos. A criança conseguiu gravar pelo celular os momentos em que o crime acontecia.

Alonso contou ainda que o padrasto estuprava a menor de idade quando a mãe dela saia para trabalhar. A vítima afirmou que presenciou o acusado fazendo as mesmas coisas com a irmã, que morreu em 2014, com 13 anos. 

Você pode gostar