Quatro PMs são baleados e um deles morre em noite e madrugada violentas

Casos ocorreram em Nova Iguaçu e São Gonçalo, na Região Metropolitana. Soldado Evaldo Barbosa Rodrigues não resistiu após ser atingido em confronto no Arco Metropolitano

Por O Dia

Rio - Quatro policiais militares foram baleados e um deles morreu na noite desta terça-feira e madrugada desta quarta-feira na Região Metropolitana. Em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, o soldado Evaldo Barborsa Rodrigues não resistiu ao ser baleado em um confronto com bandidos no Arco Metropolitano.

Evaldo fazia a escolta de um caminhão que transportava bebidas quando criminosos abordaram o veículo, por volta das 23h, na altura da Vila de Cava. Houve um tiroteio e o agente acabou sendo atingido por um tiro. Ele chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse, mas já chegou morto à unidade. O policial deixa uma mulher e um filho de sete anos. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Os policiais militares Evaldo Barbosa Rodrigues e Julio Cesar de Oliveira foram baleados em Nova Iguaçu%2C na Baixada FluminenseWhatsApp O DIA (98762-8248)

Na Rodovia Presidente Dutra, por volta das 20h, o policial militar Julio César Oliveira, 24 anos, foi encontrado com um tiro no peito dentro do carro. Ele estava armado com uma pistola e também foi encaminhado ao Hospital Geral de Nova Iguaçu.

De acordo com a unidade, a vítima foi encaminhada para a sala vermelha da emergência, avaliado pela cirurgia geral e medicado. Após os exames de tomografia e eletrocardiograma (ECG), o PM foi submetido a um procedimento cirúrgico. Segundo o hospital, no momento, Júlio César está estável, lúcido e orientado.O caso é investigado pela 58ª DP (Posse).

Em São Gonçalo, dois policais foram baleados enquanto tentavam proteger vítimas de assalto. O capitão Ayslan Menezes Silva foi baleado oito vezes pouco antes das 21h de ontem quando tentava defender um motociclista que estava sendo vítima de quatro assaltantes. O caso ocorreu em um bar da Rua Francisco Portela, no bairro Porto Novo.

Ayslan foi atingido na mão, nos braços, pernas e no glúteo pelos bandidos, que conseguiram fugir. Um outro homem que estava no bar foi ferido de raspão. O policial foi socorrido ao Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, e, de acordo com a direção da unidade, seu estado de saúde é estável, estando o PM lúcido e orientado.

No bairro Laranjal, próximo ao Jardim Catarina, um policial militar aposentado foi baleado duas vezes enquanto tentava defender uma mulher de um assaltante. Ele foi atingido no braço e na cabeça e também está no Hospital Alberto Torres. O seu estado de saúde é desconhecido.

Suspeitos de participação em assassinato de policiais são presos

A polícia prendeu três suspeitos de participação no assassinato de policiais entre domingo e esta terça-feira. Em operação ontem, agentes chegaram ao paradeiro de Fabiano Ferreira de Sousa, 18 anos, envolvido na morte do soldado Raphael Nogueira Gama Gomes, 34 anos, no último domingo, e também acusado de ser um dos responsáveis pelo tráfico na comunidade Pedra Lisa, no Morro da Providência, no Centro.

Suspeito de envolvimento na morte do policial Thiago Sarmento dos Santos, em setembro do ano passado, em Bangu, na Zona Oeste, Douglas Pires, 27 anos, foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios da Capital, nesta terça-feira. Segundo o delegado Fabio Cardoso, titular da especializada, as investigações ainda estão em andamento para identificar e prender o comparsa de Douglas no crime.

No domingo, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) São João apreenderam um menor de 16 anos suspeito de participar da morte do soldado Pedro Raphael Zaluski de Oliveira, na último quinta-feira. O PM foi morto quando fazia um patrulhamento na comunidade, na localidade conhecida como "Cotovelo".

SAIBA MAIS:

Polícia prende suspeito de participar da morte de PM no Santo Cristo

Polícia prende suspeito de matar PM na saída de evento de pagode em Bangu

Menor suspeito de participar da morte de PM na UPP São João é apreendido

Últimas de Rio De Janeiro