Seis homens são presos por suspeita de assalto na Baixada

Um adolescente foi apreendido e arma de policial civil foi recuperada pela PRF

Por O Dia

Rio - Seis homens foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), suspeitos de cometerem assaltos na região da Baixada Fluminense, em abordagens na Rodovia Presidente Dutra (BR-116) em Nova Iguaçu, na madrugada deste sábado. Um adolescente foi apreendido.

No início da madrugada, policiais rodoviários federais da 1ª Delegacia (Duque de Caxias) faziam uma ronda na rodovia, quando viram o carona de um carro apontando o que parecia ser uma arma na direção de um pedestre. Logo em seguida, ele jogou sua mochila para dentro do veículo. Ao perceber a aproximação dos policiais, o homem, de 41 anos, pediu socorro e disse que tinha acabado de ser roubado.

Policiais apreenderam armas e prenderam seis suspeitosDivulgação

A equipe da PRF foi atrás do carro com os suspeitos, que desobedeceram a ordem de parada, fugiram por alguns quilômetros, saíram da rodovia e entraram no município de Nova Iguaçu. No entanto, eles acabaram sendo alcançados e abordados pelos policiais. Havia três homens no carro, de 19, 26 e 34 anos. Com eles, foram encontrados os pertences roubados, além de um simulacro de arma de fogo. A ocorrência foi registrada na 58ª DP (Posse).

Arma roubada de policial civil

Logo depois, na pista sentido São Paulo, na altura de Nova Iguaçu, policiais rodoviários federais faziam uma blitz, com apoio da Polícia Militar, quando prenderam mais três homens e apreenderam um adolescente, de 17 anos, suspeitos de cometerem assaltos na região.

Os policiais deram ordem de parada ao motorista de um carro branco. Em uma vistoria rápida, verificaram que o automóvel era roubado. O homem disse que estava com mais três comparsas, que estavam armados e teriam desembarcado ao verem a blitz. Os policiais foram atrás dos suspeitos e conseguiram localizá-los. Eles estavam com um revólver calibre 38 e uma pistola calibre .40, de uso restrito, ambas municiadas e prontas para uso. A pistola estava com a numeração raspada, mas teria sido roubada da Polícia Civil do Rio de Janeiro, pois possuía a marca da instituição.

A ocorrência foi encaminhada à 52ª DP (Nova Iguaçu).

Últimas de Rio De Janeiro