Cem quilômetros de ruas da cidade ganharão asfalto novo até junho

Ao todo, as 31 principais vias da cidade terão cobertura asfáltica trocada ou recapeada por causa das Olimpíadas

Por O Dia

Rio - As principais ruas e avenidas do Rio de Janeiro vão ganhar um dos maiores ‘banhos de loja’ de sua história. Até junho, aproximadamente 100 quilômetros de vias — distância equivalente da capital carioca até Volta Redonda, no Sul Fluminense — terão a cobertura asfáltica trocada ou recapeada. Ao todo, as 31 principais artérias do trânsito serão contempladas, num investimento de R$ 110 milhões, divididos em seis contratos.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconserva), Marcus Belchior Bento, o município vai recuperar os estragos provocados pelos canteiros de obras espalhados pela cidade e preparar acessos para os locais de competição da Olimpíada, que acontecem em agosto.

Obras de recapeamento asfático%2C que já começaram pela Av. das Américas%2C serão feitas somente à noiteDaniel Coelho / Divulgação

“Essa megaoperação, que é parte do programa ‘Asfalto Liso’, será a maior já feita em curto espaço de tempo e com o maior número de funcionários, mais de 500, em 18 frentes de trabalho”, ressalta Belchior. De acordo com ele, para minimizar os impactos no trânsito, os trabalhos serão só no período noturno. “Vamos usar máquinas e caminhões de grande porte”, justificou.

Belchior afirmou que, desde 2009, o governo municipal já recapeou mais de 700 quilômetros de pavimentação. Segundo ele, essa nova investida, porém, não tem nada a ver com as equipes de manutenção diária espalhadas pelas 25 gerências regionais, que continuarão atuando nas ruas de menor fluxo dos bairros. Nessas 31 vias, é por onde passa o maior fluxo de veículos pesados, ônibus e máquinas. “Vamos deixar um verdadeiro tapete para os visitantes, atletas e, principalmente, de legado para os moradores”, diz o secretário.

Os procedimentos envolvem não só o recapeamento ou troca total do asfalto em alguns trechos, mas também dupla fresagem, reforço nas bases e sinalização horizontal. Os primeiros serviços já foram iniciados nas avenidas das Américas e do Pepê, na Barra da Tijuca, e em Guaratiba, na Zona Oeste.

As demais vias contempladas são:Av. Rio Branco (Centro), Av.Bartolomeu de Gusmão (São Cristóvão), Rua Visconde de Niterói (São Cristóvão), Viaduto de Deodoro (Deodoro), Rua Francisco Eugênio (São Cristóvão), Rua Capitão Félix (Benfica), Rua Ana Néri (Benfica), Rua Fernandes Sampaio (Jardim Sulacap), Estrada do Camboatá (Deodoro), Viaduto de Magalhães Bastos (Magalhães Bastos), Rua Nilópolis (Realengo), Av. Niemeyer (Vidigal/São Conrado), Av. Delfim Moreira (Leblon), Av.Padre Leonel França (Gávea), Av. Vieira Souto (Ipanema), Av. Visconde de Albuquerque (Leblon), Estrada da Vista Chinesa (Alto da Boa Vista), Estrada do Joá (Alto da Boa Vista), Rua Francisco Otaviano (Arpoador), Rua Marquês de São Vicente (Gávea), Rua Pacheco Leão (Jardim Botânico), Av.Lúcio Costa (Barra da Tijuca), Estrada do Pontal (Recreio), Av. do Estado da Guanabara (Grumari), Av. Roberto Burle Marx (Guaratiba), Estrada da Grota Funda (Vargem Grande), Av. das Américas (Barra da Tijuca) e pistas laterais, Lote 0 do BRT, Elevado Paulo de Frontin e Linha Vermelha.

Últimas de Rio De Janeiro