Defesa Civil amplia número de drones usados em operações de salvamento e resgate

Desde dezembro, um equipamento é utilizado para salvamentos no mar e um segundo, para monitoramento de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti

Por O Dia

Rio - A Defesa Civil vai ampliar para 17 o número de drones em operações de salvamento e resgate. O equipamento, que lança boias e cordas para banhistas em alto mar enquanto aguardam o salva-vidas, agora poderá ser usado em diversas ações, como busca de pessoas em matas fechadas, deslizamentos de terra e incêndios florestais.

Desde dezembro, um equipamento é utilizado para salvamentos no mar e um segundo, para monitoramento de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, ambos em fase experimental.

Nesta próxima fase, o objetivo será a capacitação para manuseio. “Junto com a aquisição, pretendemos realizar treinamentos para que os nossos bombeiros aprendam a utilizá-los”, afirmou o responsável pela Coordenadoria de Operações com Veículo Aéreo Não Tripulado (Covant),tenente-coronel Rodrigo Bastos.

Últimas de Rio De Janeiro