Manifestantes fecham Jardim Botânico do Rio

Grupo reivindica o fim das remoções de moradores que vivem naquela região

Por O Dia

Rio -  Cerca de 200 manifestantes fecharam o Jardim Botânico do Rio de Janeiro na manhã deste domingo. O grupo reivindicou o fim das remoções de moradores que vivem na área do Jardim Botânico. O parque chegou a ficar fechado por cerca de três horas, e reabriu por volta das 13h. 

De acordo com a presidente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Samyra Crespo, os manifestantes não respeitaram os visitantes e os funcionários. Os danos ainda não foram contabilizados, mas aparentemente nada foi destruido. A a avaliação definitiva será feita na segunda-feira.

A presidente do Jardim Botânico também fez um apelo aos líderes do movimento. Samyra pediu moderação, já que “uma solução para o conflito de interesses só surgirá com o diálogo”.

A ministra do Meio Ambiente, Izabela Teixeira, foi informada sobre o ocorrido.


Últimas de Rio De Janeiro