Polícia prende suspeita de recrutar mulheres para casa de prostituição

Segundo agentes, ela auxiliava o namorado, que era dono do estabelecimento. Homem foi preso na última sexta-feira

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de São João de Meriti prenderam nesta segunda-feira uma jovem que recrutava outras meninas para trabalhar em uma casa de prostituição. De acordo com os agentes, ela auxiliava o namorado, que era dono do estabelecimento. A suspeita foi capturada em Vilar dos Teles, naquele município da Baixada Fluminense.

Segundo a delegada Sandra Ornellas, titular da Deam, o homem já foi preso na última sexta-feira. Ele é suspeito de abusar de uma adolescente de 16 anos, que após trabalhar no local foi contaminada com o vírus HIV. Já a namorada dele, uma mulher, de 18 anos, recrutava as meninas para trabalhar na casa de prostituição. Contra ela foi cumprido um mandado de prisão por co-autoria do estupro. Em depoimento, ela negou os crimes e disse que apenas mantinha um relacionamento com o suspeito.

Últimas de Rio De Janeiro