Incêndio em plataforma na Baía de Guanabara deixa 14 feridos

Vítimas foram levadas para o Hospital de Clínicas de Niterói. À noite, três delas continuavam internadas na unidade

Por gabriela.mattos

Rio - Catorze trabalhadores ficaram feridos em um incêndio que atingiu, na tarde desta segunda-feira, uma plataforma da empresa Queiroz Galvão Óleo e Gás (QGOG), ancorada na Baía de Guanabara. A unidade, afretada à Petrobras, estava em manutenção. Os feridos foram levados para o Hospital de Clínicas de Niterói, e, à noite, três deles continuavam internados, com quadro de saúde estável.

A plataforma Lone Star estava em manutenção e reparos no Estaleiro Mauá quando houve o acidente. “No final da tarde de segunda-feira, durante operação de manutenção de um motor elétrico na plataforma Lone Star, ocorreu um princípio de incêndio que foi rapidamente debelado e não causou danos à unidade”, informou a Queiroz Galvão. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí, os três trabalhadores internados estão em observação por causa da quantidade de fumaça inalada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia