Integrantes de milícia comandada por acusado de homicídio são presos

Agentes da Delegacia de Homicídios procuravam Glauco Ramos Menezes, autor de morte de militar da Marinha

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios (DH-Capital) prenderam em flagrante, na manhã desta quarta-feira, dois homens em flagrante apontados como integrantes de uma milícia que atua nas regiões de Campo Grande e Guaratiba, na Zona Oeste da cidade. Os agentes procuravam Gláucio Ramos Menezes,  autor de morte de militar da Marinha, em dezembro do ano passado, quando prenderam a dupla.

A equipe realizava operação em Campo Grande quando encontraram Cristiano Sales Bispo, de 40 anos, e Alcinei de Athayde Cardoso, 30 anos, que estavam com duas pistolas, uma delas com a numeração raspada e a outra constando em sistema policial como furtada. Em posse dois dois também foram apreendidos dinheiro, relógios, joias e um carro que estava com Cristiano, que também consta como roubado.

LEIA MAIS

Polícia prende dois homens suspeitos de integrarem milícia em Guaratiba

Acusado de integrar milícia se exibe cheio de dinheiro

Glauco é líder de milícia e acusado de matar militar da Marinha. Nas redes sociais, fotos mostram ele se exibindo cheio de dinheiroReprodução Facebook

De acordo com o delegado Fábio Salvadoretti, as investigações apontam que a dupla atua na milícia comandada por Gláucio. Eles vão responder por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e por receptação.

A unidade pede a colaboração dos cidadãos que tenham qualquer informação que possa auxiliar na localização de Gláucio para que entre contato com a DH através dos telefones 2333-6393 ou com o Disque denúncia no telefone 2206-2000.

Últimas de Rio De Janeiro