Operação da Polícia Civil na favela do Viradouro termina com dois mortos

Ação visava cumprir mandados de prisão contra acusados de envolvimento no desaparecimento de idoso em Niterói

Por tiago.frederico

Rio - Duas pessoas morreram baleadas durante uma operação realizada pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), na comunidade do Viradouro, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, na manhã desta quarta-feira.

De acordo com a Polícia Civil, policiais apreenderam duas pistolas e grande quantidade de drogas com os dois mortos. A identificação deles ainda não foi divulgada. Uma terceira pessoa ferida na ação segue internada em um hospital daquela região

Segundo Fábio Barucke, delegado titular da DHNSG, a operação tinha o objetivo de cumprir mandados de prisão obtidos pela unidade que está apurando o desaparecimento do idoso João Bosco Neves de Oliveira, no último dia 2. As investigações seguem em andamento para descobrir as circunstâncias em que o homem foi morto e diligências estão sendo realizadas para localizar os autores do crime.

Um dos autores já identificado, de acordo com a especializada, é Marco Aurélio Neves de Lima. Ele se encontra foragido. A Polícia Civil pede que informações que possam levar ao paradeiro do idoso sejam repassadas diretamente à DHNSG, através dos telefones 2717-2838 / 2717-2552. O cidadão pode também entrar em contato com o Disque-Denúncia pelo telefone 2206-2000.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia