H1N1 causa terceira morte no município de Resende

Quinze casos da gripe já foram registrados este ano na cidade. Um óbito ainda aguarda confirmação

Por paulo.gomes

Rio - A Secretaria de Saúde de Resende, no Sul do estado, confirmou nesta quarta-feira, em nota oficial, o que seria, segundo a prefeitura, a terceira morte causada pela gripe H1N1 no município este ano. O paciente, de 49 anos, tinha doença crônica e morreu na semana passada em um hospital particular. O exame laboratorial foi enviado ao governo do estado e o resultado saiu ontem.

No estado%2C a campanha de vacinação começará no dia 25 deste mêsAgência Brasil

“Resende já registrou este ano, 15 casos suspeitos de H1N1, com cinco óbitos. Três casos de mortes foram confirmados, um descartado, e outro aguarda resultado de exame. As demais notificações estão em investigação”, diz um trecho da nota, informando que as três mortes ocorreram este mês. Foram duas mulheres, uma de 47 e outra de 19 anos, e o homem de 49 anos.

A prefeitura informou que “vem reforçando as orientações de combate à gripe à população”. “Nesta semana, diretores de escolas da rede municipal participaram de palestra sobre as medidas de prevenção contra gripe. Resende também enviou ofício à Secretaria de Estado de Saúde solicitando a antecipação da campanha de vacinação”, ressalta ainda a nota.

Embora as autoridades em saúde descartem epidemia, a população está apreensiva. No Sul Fluminense, mortes suspeitas pela doença também estão sendo investigadas em Volta Redonda, Piraí e Pinheiral. “Fico apreensiva até de mandar minha filha para escola”, lamenta Marieta Tavares, de 34 anos, do Jardim Jalisco, em Resende.

A Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde informou que este ano já foram registrados 12 casos de H1N1 por exames laboratoriais no estado, sendo sete óbitos confirmados. “Gestantes e crianças com idades a partir de seis meses e menores de 5 anos, além de pacientes renais crônicos, terão o início da vacinação contra a gripe antecipada para o próximo dia 25 em todo o estado”, adiantou o órgão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia