Batalhão de Operações com Cães ganha reforço com dois filhotes de labrador

Animais foram doados por uma juíza na semana passada

Por O Dia

Rio - O Batalhão de Operações com Cães (BAC), unidade do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, aumentou a sua matilha com a incorporação de dois filhotes de labrador. O BAC recebeu, na semana passada, Lex e Juris (Lei e Direito, em latim), doados pela juíza Anna Christina da Silveira Fernandes.

Batalhão de Operações com Cães ganha reforçoAlex Lopes/Divulgação

Os animais já passaram pelos primeiros testes de aptidão para o trabalho policial e foram aprovados. "Nesta primeira fase, avalia-se o grau investigativo do cão e a energia empregada por ele para achar a bolinha (caça), além da coragem, aferida pela reação dos animais diante de barulhos e ruídos feitos próximos à caça", explicou o sargento Paulo Michel, adestrador do BAC há 18 anos.

Com apenas três meses de vida, os animais recebem os cuidados médicos de praxe e são vacinados, além de serem imunizados com vermifugação. Atualmente, o canil do batalhão tem 70 cães, sendo sete pastores holandeses, 19 pastores belgas de Malinois, 1 pastor belga, 14 pastores alemães, 23 labradores retriever e seis rottweiler.


Últimas de Rio De Janeiro