Por adriano.araujo

Rio - Um preso da Penitenciária Industrial Esmeraldino Bandeira, no Complexo de Gericinó, recebeu via Sedex nada menos que um quilo de maconha. Para completar o enredo ilícito, o remetente era uma pessoa já falecida. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), o material estava em dois tabletes e seria destinado para interno Edson Barbosa Filho. Segundo a Seap, a "correspondência" foi aberta na frente do detento. O caso foi encaminhado para a 34ª DP (Bangu). O preso pode ter a pena acrescida por conta do crime.

Droga foi encontrada em envelope enviado por Sedex para detento em presídioDivulgação


Você pode gostar