Famosos comentam desabamento de ciclovia e fazem críticas

Atores usaram redes sociais para lamentar tragédia no Rio e não se conformam: 'Uma onda mais forte derruba obra agora?'

Por O Dia

Rio - Após o desabamento de um trecho de 50 metros da ciclovia Tim Maia na orla de São Conrado, na Avenida Niemeyer, na manhã desta quinta-feira, famosos usaram as redes sociais para lamentar o ocorrido e fazer críticas aos governantes do Rio. O acidente deixou dois mortos, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros. A ciclovia foi inaugurada meados de janeiro deste ano. 

Saiba: Polícia Civil abre inquérito para investigar desabamento de ciclovia

Imagem do desabamento da ciclovia publicada por Luciano SzafirReprodução Instagram

"Caiu a ciclovia. Senhor protegei-nos. Quem são esses que nos 'governam' que dizem trabalhar pelo nosso bem estar? Precisa haver uma mobilização geral! Não podemos deixar as coisas como estão", publicou a atriz Luana Piovani.

Luciano Szafir chamou os governantes de incompetentes."Não servem nem pra construir castelo na areia!!!! Vai terminar em pizza ou em cadeia? Uma onda mais forte derruba ciclovia feita agora?", questionou Szafir.

"País Olímpico?! Economizaram no cimento que já tinha sido superfaturado. Cansando disso tudo", escreveu
o ator Daniel Erthal. Bruno Gagliasso foi outro que comentou nas redes, revoltado: "Que vergonha! A ciclovia caiu #maisuma #vergonha"

A produtora cultural Paula Lavigne como muitos ficou revoltada com a explicação de que o mar teria provocado o desabamento e comentou: "Meu Deus! Socorro! Minha cidade não merece isso! Será que o Prefeito acha que ciclovia é coisa de pobre? Cadê esses engenheiros que calcularam, não sabiam que ali bate o mar? É normal isso?"

A cantora Fafá de Belém foi outra que se revoltou. "Como é possivel responsabilizarem o mar como culpado da queda desta ciclovia! Uma ciclovia feita sobre o mar!!! Eu não acredito no que vi e ouvi!!! A culpa é do mar ou de erro de cálculo ou troca de materiais apropriados por areia, por exemplo #tristezaeindignacao #deusprotejanossopaís", disse Fafá.

Últimas de Rio De Janeiro