Sequestro-relâmpago termina com troca de tiros na Gávea, Zona Sul do Rio

Dois homem ficaram feridos e dois suspeitos foram presos, entre eles um menor

Por O Dia

Rio - Um sequestro-relâmpago que começou na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, terminou com troca de tiros na Gávea, Zona Sul da cidade, e com pelo menos um dos suspeitos baleado, na noite deste sábado.

De acordo com informações da Polícia Militar, agentes do 23° BPM (Leblon) em patrulhamento na Rua Jardim Botânico, altura do número 710, observaram uma mulher saindo de uma agência bancária acompanhada de um homem por volta das 22h, enquanto outra mulher aguardava dentro de um carro.

Houve tentativa de abordagem dos policiais, mas os homens, que seriam moradores da Rocinha, não obedeceram a ordem de parada. Neste momento, a guarnição solicitou reforço e o veículo foi parado na Praça Sibélius.

Na abordagem, um dos sequestradores simulou puxar uma arma e foi atingido na perna. Uma segunda vítima, um homem de 45 anos, também foi atingida nas pernas quando policiais tentavam prender um terceiro assaltante, que conseguiu fugir, na entrada do Túnel Rafael Mascarenhas. Os feridos foram encaminhados ao Hospital Miguel Couto, na Gávea.

No relato, as vítimas, duas mulheres, disseram que foram levadas na Barra da Tijuca, cerca de 12 quilômetros de distância do local da abordagem policial, e obrigadas pelos sequestradores a sacar dinheiro em um banco.

Um homem foi preso e um menor apreendido. Com eles os gentes apreenderam um simulacro de pistola, R$ 500,00, duas carteiras contendo cartões de crédito e documentos, além de um veículo Fox, cor branca, que foi recuperado.


Últimas de Rio De Janeiro