Guardas municipais resgatam dez aves silvestres em bairros da Zona Oeste

Entre os animais encontrados estão canários, coleiros e arara

Por O Dia

Patrulha Ambiental resgata dez aves silvestres na Zona OesteDivulgação

Rio - Guardas municipais da Patrulha Ambiental resgataram dez aves silvestres, neste domingo e nesta segunda-feira, em três bairros da Zona Oeste. Entre as aves, estavam canários, coleiros, um azulão, uma coruja e uma arara. As ações foram realizadas após chamados da população por meio da Central 1746, na Taquara, Bangu e Rio das Pedras.

O primeiro resgate ocorreu na tarde deste domingo, em Rio das Pedras, depois de uma denúncia de funcionamento de feira livre de animais no bairro. Foram resgatados quatro canários, três coleiros, e um azulão, que foram levados para o Parque de Marapendi.

Já a coruja foi resgatada na manhã desta segunda-feira, na Rua André Rocha, na Taquara. Uma mulher encontrou a ave no quintal de casa, enrolada em linha chilena de pipa e presa a uma goiabeira. Após acionar o resgate a coruja foi levada para receber tratamento veterinário no Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS) da Universidade Estácio de Sá.

A arara foi resgatada por guardas na rua Luís Alves, próximo à Avenida Brasil, em Bangu. A ave havia sido encontrada bastante debilitada por um cidadão que acionou a Patrulha Ambiental. Ela também foi levada para o CRAS para atendimento veterinário.

A Guarda Municipal orienta a população sobre o resgate de animais silvestres: ao flagrá-los em área urbana ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat, deve-se acionar a equipe da Patrulha Ambiental para um resgate seguro. O manuseio não é aconselhável. Os agentes podem ser acionados por meio do telefone 1746, da Prefeitura do Rio, que funciona 24h.

Últimas de Rio De Janeiro