Licença médica de Pezão é prorrogada por mais 30 dias

Licença de 30 dias acabaria nesta terça e ele voltaria amanhã para o trabalho, mas equipe médica decidiu por prorrogação

Por O Dia

Rio - A licença médica do governador Luiz Fernando Pezão, que está tratando um câncer de linfoma, será prorrogada por mais 30 dias, de acordo com o governo do estado. Seu afastamento de 30 dias termina nesta terça-feira e ele deveria voltar amanhã para trabalho.

Entretando, por orientação da sua equipe médica, forma da pelo cardiologista Claudio Domenico e do oncologista Daniel Tabak, ele ficará afastado de suas atividades profissionais por mais um mês, a partir desta quarta-feira. No fim desse novo período, Pezão passará por nova avaliação médica.

LEIA MAIS: Pezão é diagnosticado com câncer

Pezão raspou o cabelo após o segundo ciclo do tratamento quimioterápicoÁlbum de família

Pezão se afastou oficialmente do governo no dia 28 de março. Passou por dois ciclos de quimioterapia, o último finalizado em 20 de abril. O governador raspou a cabeça para evitar o desconforto da queda de cabelos associada ao processo. O terceiro ciclo do tratamento deverá ocorrer em duas semanas.

A equipe do oncologista Daniel Tabak, médico do governador, informou que o segundo ciclo teve “sucesso, sem qualquer intercorrência significativa”. Pezão encontra-se “em bom estado geral”, com “ótima tolerância ao tratamento”, conforme divulgou o governo. Pezão ficou 19 dias internado no Hospital Pró-Cardíaco até que saísse o diagnóstico do linfoma não-Hodgkin. A doença é curável.

Últimas de Rio De Janeiro