Presidente da associação de moradores de Manguinhos é preso

Outros 18 suspeitos também foram presos em operação. Polícia apreendeu 13 motos roubadas e um veículo clonado

Por O Dia

Treze motos roubadas foram recuperadasDivulgação

Rio - Dezenove suspeitos foram presos, entre eles, o presidente da associação de moradores da comunidade de Manguinhos, na Zona Norte, após uma operação do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), nesta terça-feira. Segundo o delegado Ronaldo Oliveira, diretor do DGPE, treze motos roubadas foram recuperadas, um veículo clonado foi apreendido e farto material de endolação foi apreendido.

"Essa ação foi para mostrar o grande trabalho que a Polícia Civil está realizando e vai seguir fazendo na região de Manguinhos. Hoje (terça-feira), utilizamos apenas 20% do efetivo das delegacias especializadas", explicou o delegado Ronaldo Oliveira, acrescentando que "diversos suspeitos foram identificados e mais ações na região estão previstas".

O presidente da associação de moradores de Manguinhos, Erivaldo Silveira de Lira, foi capturado em flagrante por furto de energia elétrica. Os agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) localizaram o 'gato' na sede da própria associação e em outras três residências, que também tiveram outras três pessoas presas. Uma mulher também foi detida em flagrante por crime ambiental. Eles pagaram fiança e já foram soltos.

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) prendeu dois homens. Com eles, que são comerciantes, haviam gaiolas com pássaros da fauna silvestre, além de 'gato' nos próprios estabelecimentos. Outras três pessoas foram conduzidas para a especializada por estarem crimes contra a fauna silvestre, mas eles prestaram depoimento e assinaram um termo circunstanciado.

Já a Delegacia de Combate às Drogas, sob comando do delegado Felipe Curi, prendeu em flagrante 11 suspeitos de associação ao tráfico de drogas em Manguinhos. Entre os capturados está Emerson de Andrade Bernardo, apontado nas investigações como uma das lideranças na comunidade que ainda é controlada pela facção Comando Vermelho. Segundo o delegado Felipe Curi, os 11 capturados atuam no tráfico de drogas da região, participaram de diversos ataques à UPP de Manguinhos e aos policiais militares.

Últimas de Rio De Janeiro