Por karilayn.areias

Rio - O coletivo "Bela, Recatadas e do Lar" marcou um protesto, na tarde desta quarta-feira, contra o machismo em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A manifestação está marcada para às 16h.

Além de lutarem contra o machismo, o coletivo pede a saída do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), e dos deputados federais Jair Bolsonaro (PP) e Pedro Paulo (PMDB). 

"Mulherada! Vamos as ruas novamente pra garantir o direito de sermos e estarmos aonde quisermos! Homofóbicos, lesbofóbicos, misóginos, transfóbicos, defensores de torturadores, machistas espancadores de mulheres não passarão! Venham todas, convidem as outras. Nós sozinhas andamos bem mas com todas andamos muito melhor", diz a descrição do evento no Facebook.

Mais de 25 mil pessoas já confimaram presença na manifestação e 42 mil mostraram interesse pelo tema.

Você pode gostar