Polícia Civil prende dono de casa de prostituição em Maricá

Segundo a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Niterói, homem prostituía adolescente de 15 anos

Por O Dia

Rio - O dono de uma casa de prostituição em Maricá, na Região Metropolitana do Rio, foi preso em flagrante, na madrugada desta sexta-feira, acusado de explorar sexualmente uma adolescente de 15 anos. A pena para o crime varia de quatro a dez anos de prisão.

O delegado Pablo Sartori, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Niterói (DPCA), encontrou a menina no estabelecimento "Sexy Night Club". Segundo ele, ela era obrigada a se prostitui no local. A jovem foi encaminhada ao Conselho Tutelar da cidade de Niterói.

Pablo Sartori disse que dará continuidade às investigações com o objetivo de identificar outras casas noturnas com as mesmas práticas criminosas. O delegado apura como adolescentes são aliciadas em comunidades carente para essa vida de prostituição.

Últimas de Rio De Janeiro