Buraco abre de novo em Ipanema no mesmo trecho danificado há dois dias

Responsável pelo serviço de tubulação de esgoto, Cedae havia fechado cratera no último sábado. Ninguém ficou ferido

Por O Dia

Rio - Quem passou na tarde desta terça-feira no cruzamento das ruas Gomes Carneiro e Teresa Aragão, em Ipanema, demorou a acreditar no que via. No mesmo lugar onde o chão afundou no sábado, devido ao rompimento de uma tubulação de esgoto, dois buracos menores se abriram novamente. A Cedae, responsável pelo serviço, havia fechado a cratera, que tinha 15 metros de diâmetro, dois dias antes. Ninguém ficou ferido.

Cariocas compararam obra feita pela Cedae com tragédia da cicloviaAlexandre Brum / Agência O Dia

Apesar dos transtornos à população, a Agenersa, agência reguladora de Energia e Saneamento Básico no Estado do Rio, informou que abriu processo para apurar as causas. Mas normas para aplicação de penalidades estão sendo estabelecidos por meio de consulta pública. Conforme Decreto 45.344, ela tem até fevereiro de 2017 para emitir regras.

Cariocas que moram e trabalham no bairro relataram que o problema é frequente. Alguns compararam a qualidade da obra da Cedae com a que resultou no desabamento de parte da Ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, no dia 21 de abril.

“Consertaram o buraco com pressa para entregar rápido, igual à obra da ciclovia, e deu nisso. Na Gomes Carneiro, ali na frente, todo ano desaba (a rua) porque rompe tubulação”, reclamou o porteiro Eliano Pedro da Silva, que trabalha no local há 18 anos.

No início da noite, a Cedae afirmou que técnicos iam iniciar a escavação no ponto onde um “trecho pequeno” do asfalto cedeu para identificar a causa do problema e fazer o reparo. A Secretaria Municipal de Conservação disse que a única responsável pelo problema é a Cedae e que a agência reguladora é quem poderia tomar medidas. O trânsito foi interditado.

Últimas de Rio De Janeiro