Morre metalúrgico que teve parte do corpo queimado em incêndio na CSN

Fogo teve início no setor de Zincagem 1. Ainda não há informações sobre horário e local do enterro

Por O Dia

Renan Martins morreu após ter parte do corpo queimado em incêndio na CSN arquivo pessoal

Rio - O metalúrgico Renan Martins de Castro, de 29 anos, morreu na manhã desta quarta-feira no Hospital Oeste D'or, na Zona Oeste do Rio. Ele estava internado em estado grave, vítima de um incêndio na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) no dia 26 de março.

O funcionário, que tinha 11 anos de empresa, teve cerca de 30% do seu corpo queimado. Ele era casado e deixa uma filha bebê. 

Em nota, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Silvio Campos, lamenta o falecimento e está nesse momento dando apoio aos familiares. O sepultamento está marcado para a manhã de quinta-feira, no Cemitério Portal da Saudade, em Volta Redonda.



Últimas de Rio De Janeiro