Polícia identifica homem que atirou contra promoter em boate da Zona Sul

Polícia Civil acusa Ugo Fant Neto de tentativa de homicídio. Jovem de 21 anos está foragido da Justiça

Por O Dia

Rio - Ugo Fant Neto, 21 anos, foi identificado como o autor da tentativa de homicídio do promoter de eventos Leonardo Bollinger Scherer. O crime ocorreu, no dia 30 de abril, na porta de uma boate em Copacabana, na Zona Sul. Segundo a delegada responsável pelas investigações do caso, Patrícia de Paiva Aguiar, da 13ª DP (Ipanema), Ugo atirou contra a vítima após uma briga na boate situada na Rua Francisco Otaviano.

De acordo com as investigações, o homem de 21 anos teria se envolvido em uma confusão. Leonardo, que promovia a festa, teria solicitado a seguranças que o retirassem do local. Irritado, Ugo, então, teria agredido Leonardo com socos no rosto.

LEIA MAIS:

Suspeito de prender menor em poste é baleado na Zona Sul

Menor torturado no Flamengo afirma ter sido agredido por 15 pessoas

Já do lado de fora, quando Leonardo deixava a boate, foi surpreendido por Ugo, que o aguardava, e os dois brigaram. Ugo pegou então seu carro e, pela janela, atirou contra Leonardo, a namorada dele e uma amiga do casal. Depois, fugiu em direção à Avenida Atlântica.

A delegada Patrícia Aguiar informou que testemunhas que conhecem Ugo relataram que ele já tinha histórico de agressões e vinha portando arma de fogo há algum tempo. Ainda segundo os relatos, ele teria chegado à boate dizendo que estava armado.

A vítima foi atingida no abdômen. Ele foi operado e está internado no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Com base nas provas reunidas, a Delegada solicitou à Justiça a prisão de Ugo. O jovem está foragido e vai responder pelo crime de tentativa de homicídio.

Últimas de Rio De Janeiro