Portal divulga fotos e pede informações de traficantes foragidos após operação

Recompensa de R$ 1 mil será paga por informações que levem ao paradeiro de cada criminoso procurado pela polícia

Por O Dia

Rio - O Portal dos Procurados divulgou um cartaz que oferece recompensa por informações que levem à prisão de traficantes foragidos da Justiça. Os criminosos que estampam o cartaz divulgado nesta quinta-feira foram alvo da Polícia Civil, na última terça-feira, em operação realizada em favelas do Engenho da Rainha e nas comunidades Fazendinha e Nova Brasília, no Complexo da Alemão.

O portal pagará R$ 1 mil por cada um dos seguintes criminosos: Alexandre da Conceição dos Santos Sobrinho, conhecido como Mamão; Breno Nazareth Silva Aguiar, o popular Tangerina; Gideão Martins Silvério, conhecido como Gigi ou 2G; Luis Claudio da Silva, o Sujão; Thiago Oliveira da Costa, o Orelha; Jorge Eduardo da Silva Cardoso, o Jorge; Jorge Luiz Bernardes da Silva de Carvalho, o Ratinho; Israel Pessoa Muniz, o Playboy ou Rael; Marcelo Vieira de Aragão, conhecido como Paraíba, Pará e Cabeça Quadrada; Marcos Vinícius Raimundo Gervásio, o Marcos; Luis Carlos Rodrigues Júnior, o Lorão ou Russinho; Nelvan Alves Souza, o Espalha; Vinícius Flores Chareta, o Frim; e Wendell Telles Balduino, o Magrinho.

Cartaz oferece recompensa de R%24 1 mil por informações que levem à prisão dos trafciantesDivulgação

A ação realizada nas favelas da Zona Norte do Rio na terça-feira teve como finalidade combater o tráfico de drogas, além do roubo de veículos e de cargas, crimes praticados por esta quadrilha. Os alvos principais da ação seriam os traficantes Luiz Cláudio da Silva, o Sujão, apontado como ex-chefe da quadrilha, e seu atual sucessor, Luiz Carlos Rodrigues Júnior, o Lorão, que também é conhecido pelo apelido Lorão da Galinha, que, anteriormente, estava à frente de pontos de drogas no Morro do Chapadão, em Costa Barros.

LEIA MAIS: Polícia Civil realiza megaoperação no Complexo do Alemão

De acordo com o Portal dos Procurados, a quadrilha vem aterrorizando a região, realizando roubos de cargas, de veículos e também assaltando pedestres. O grupo controla grandes quantidades de
armas. A ação, denominada Regina, foi realizada pela 44ª DP (Inhaúma), com apoio do Departamento Geral de Policia da Capital (DGPC), do Departamento de Policia Especializada (DFC), da Delegacia de Roubo de Cargas, da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e também teve apoio da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha.

Coordenada pelo delegado titular da 44ª DP, Roberto Ramos, a ação tentou cumprir 20 mandados de prisão, expedidos pelo 5ª Vara Criminal da Capital. As investigações continuam para localizar e prender os traficantes que ainda se encontram foragidos. Todas as informações recebidas, sobre estes traficantes serão encaminhadas ao delegado encarregado do inquérito. As denúncias devem ser feitas através do WhatsApp ou Telegram dos Procurados (21-96802-1650) ou pelo Disque-Denúncia (21-2253-1177). O anonimato é garantido.

Últimas de Rio De Janeiro