Reclamar Adianta: Como não pagar juros abusivos

Site do Banco do Brasil mostra as taxas de juros da data inicial do parcelamento do seu crédito

Por O Dia

Rio - As instituições financeiras podem cobrar mais de 12% de juros ao ano por um empréstimo, graças (e infelizmente) a uma emenda constitucional de 2003. Não há, portanto, limitações para o sistema bancário na cobrança de juros. Afinal, o que são então, juros abusivos. As decisões no STJ consideram abusiva a taxa de juros que superar a taxa média de mercado praticada na época da assinatura do contrato. Para você saber se lhe são cobrados juros abusivos, pesquise no site do Banco Central (https://www.bcb.gov.br/?calculosindcot). Lá, você terá acesso às taxas de juros da data inicial do parcelamento do seu crédito. Atenção: cada produto tem um valor de juros diferenciado em cada instituição financeira. Um banco, por exemplo, pode cobrar juros menores, maiores ou iguais ao outro. Cabe a você decidir pelo que for melhor para o seu bolso.

Mau cheiro!

Há mais de dois meses reclamo de um vazamento de esgoto na Rua Candido de Oliveira, altura do número 155, no bairro Rio Comprido. Já é a terceira vez que o vazamento ocorre no mesmo local. O cheiro é insuportável! E a Cedae não toma providências. Marcos Felipe de Oliveira, Rio Comprido – Rio de Janeiro

É necessário fazer uma abertura para execução de reparo no coletor de esgotos sanitários do nº 151 até nº 155 da Rua Cândido de Oliveira. O serviço está programado para esta semana. Assessoria de Imprensa Cedae

Comprei e não recebi?

No início de abril comprei um aparelho celular no PontoFrio.com, acreditando na promessa de entrega em até 4 dias úteis. Mas, ainda não tenho o aparelho. E pior: o SAC diz que precisa de até 5 dias úteis para me dar uma resposta. Ou seja, esperarei, pelo menos, mais de 20 dias para ter o aparelho comprado. Bruno Aragaki, Rio de Janeiro.

Informamos que o cliente confirmou o recebimento dos itens adquiridos na data de hoje. Assessoria de Imprensa Ponto Frio

Falta tudo

Moro em uma localidade chamada Jardim Maravilha, em Guaratiba. Quando chove é um lamaçal, quando faz sol imagine a poeira! Uma parte do bairro não está asfaltada, mas consta na prefeitura que há asfalto. Ninguém aparece para avaliar o problema. Há previsão de que algo seja feito pela nossa região? Jorge Rivero Tartarini, Guaratiba - Rio de Janeiro

A Secretaria Municipal de Saneamento e Recursos Hídricos (SMARS) está trabalhando junto com as secretarias de Urbanismo e de Meio Ambiente na elaboração de um projeto para a região do Jardim Maravilha como forma de melhorar as condições de drenagem da área e preservar as áreas alagáveis essenciais para minimizar as enchentes da região. Assessoria de Imprensa SMARS

Atestado

Sofri um acidente na praia da Barra e fui atendida pelo GMAR. Preciso do atestado de atendimento que é fornecido pelo quartel de Bombeiros do Catete. Minha madrinha foi ao quartel com o número de atendimento e meus documentos, mas se recusaram a dar entrada na solicitação. Ana Cristina Pinto, Marechal Hermes – Rio de Janeiro

Para dar entrada na solicitação sem a presença da mesma, é necessário que um representante legal apresente uma procuração reconhecida em cartório, além de atestado médico. Assessoria de Imprensa do Corpo de Bombeiros.

Roque Pellizaro Junior%2C presidente do SPC BrasilDivulgação

Roque Pellizaro Junior, presidente do SPC Brasil: "O risco de perder o emprego e a baixa perspectiva de recolocação exerce forte influência sobre a confiança do consumidor, alimentando a queda do consumo e do próprio emprego".

Melissa Areal Pires%2C especialista em direito à saúdeDivulgação

Dúvidas frequentes

Com Melissa Areal Pires, especialista em direito à saúde

Apesar de contar com a cobertura de um plano de saúde, futuras mamães têm se deparado com uma cobrança extra para garantir que o parto seja realizado pela equipe escolhida ao invés de uma equipe de plantão. E a chamada taxa de disponibilidade de parto. “Os obstetras afirmam que não recebem honorários dos planos de saúde para ficarem à disposição da gestante dia e noite para realização do procedimento cirúrgico do parto (seja ele natural ou cesárea), que pode ser feito pela equipe de plantão da maternidade credenciada. No entanto, a gestante normalmente deseja que seu parto seja realizado pelo médico credenciado que acompanhou o pré-natal”, informa a advogada Melissa Areal Pires, especialista em direito a saúde. A ANS já se posicionou contra a cobrança. “Entendo que essa cobrança configura limitação contratual e desvantagem exagerada para a gestante”, afirma Melissa.

?Coluna de Átila Nunes

Últimas de Rio De Janeiro