Cinco policiais foram baleados nesta quinta-feira no Rio; dois morreram

Na Baixada, PM foi morto em São João de Meriti e agente da PRF foi baleado em Nova Iguaçu. Na Providência, no Centro, agente do Bope morreu e outros dois policiais foram baleados

Por O Dia

Subtenente Wilson dos Santos Miranda%2C 54 anos%2C foi morto em São João de MeritiReprodução

Rio - Um agente da Polícia Rodoviária Federal foi baleado na noite desta quinta-feira na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com a PRF, ele foi encaminhado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse, onde foi operado e passa bem. O policial foi o quinto baleado na Região Metropolitana do Rio nesta quinta-feira. Destes cinco, dois morreram.

Na Via Dutra, um suspeito resistiu à abordagem, no momento em que seria revistado, e entrou em luta corporal com o policial. Durante a briga, a arma do policial, uma submetralhadora .40, disparou, atingindo o agente. O suspeito conseguiu fugir.

Ainda na Baixada Fluminense, em São João de Meriti, um policial militar foi morto, por volta das 22h desta quinta-feira. Segundo informou o 21º BPM (São João de Meriti), o subtenente Wilson dos Santos Miranda, 54 anos, estava de folga, abastecendo o carro em um posto de combustíveis, situado na Rua São João Batista, no Centro do município, quando foi abordado por dois homens armados. Ele tentou reagir e foi atingido.

Lotado no 33º BPM (Angra dos Reis), o subtenente foi o segundo policial militar morto ontem à noite. Por volta das 19h, um agente do Batalhão de Operações Especiais (Bope) morreu durante uma operação no Morro da Providência, no Santo Cristo, na Região Portuária. Na ocasião, outros dois policiais foram baleados. Eles foram levados para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio, na Zona Norte.

LEIA MAIS:

Estado do Rio registra segundo PM morto na noite desta quinta-feira

PM é morto e dois são baleados em operação do Bope na Providência

Três policiais do Bope são baleados no Morro da Providência

Tiroteio assusta moradores do Morro da Providência durante operação do Bope

Segundo informações da Polícia Militar, um soldado, identificado como Garces, foi atingido no ombro e no cotovelo. Ele está fora de perigo. Já outro soldado, de sobrenome Cavalcanti, foi baleado no peito e está em estado grave. Outros cinco suspeitos foram baleados e um morreu durante a madrugada desta sexta-feira na comunidade.

Últimas de Rio De Janeiro