Polícia Ambiental apreende 16 balões na Região Metropolitana do Rio

Em Bangu, agentes encontraram um de 12 metros. Ninguém foi preso durante a operação realizada neste domingo

Por O Dia

Rio - O Comando de Polícia Ambiental (CPAm) apreendeu, neste domingo, no Dia das Mães, 16 balões durante a Operação Balão na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Um deles tinha 12 metros e foi apreendido em Bangu, na Zona Oeste, e outros quatro foram capturados pelo Grupamento Aeromarítimo (GAM) da PM, quando caíam na Baía de Guanabara. Ninguém foi preso.

Os balões foram apreendidos nos seguintes bairros: Vicente de Carvalho (um); Estrada Pau da Fome, em Jacarepaguá (dois); Baía de Guanabara (quatro); Del Castilho (quatro); Ricardo de Albuquerque (um); Campo Grande (dois); Bangu (um); e Duque de Caxias (um). Em 2015, a Polícia Ambiental apreendeu 498 balões no Estado do Rio de Janeiro. Este ano, até o momento, foram apreendidos 43 balões.

A soltura de balões é uma das principais causas de incêndios florestais, cujo risco aumenta no período de estiagem, que vai de maio a outubro. Para coibir esta prática, o CPAm deflagra a Operação Balão nas datas comemorativas quando essa prática é mais comum.

A pena para quem fabricar, vender, transportar ou soltar balões é de um a três anos de reclusão, com base na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/ 98).  O infrator também está sujeito a multa de R$ 500,00 por unidade de balão apreendido (Lei Estadual 3467/2000).


Últimas de Rio De Janeiro