Detro aumenta em cinco anos a idade máxima da frota de transporte turístico

Empresas do setor agora podem ter ônibus de até 12 anos, em vez de sete, como era anteriormente

Por O Dia

Rio - A menos de três meses da Olimpíada, o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) aumentou em cinco anos a idade máxima da frota permitida ao transporte turístico intermunicipal. As empresas do setor agora podem ter ônibus e micro-ônibus de até 12 anos, em vez de sete anos, como antes. O tempo de vida exigido às vans subiu de três para seis anos.

De acordo com o Detro, essas e outras medidas foram tomadas para facilitar o acesso de pequenos empresários ao mercado e ampliar a legalidade do serviço, além de oferecer postos formais de trabalho.

Questionado se o prolongamento da vida dos veículos não aumentaria o risco de acidentes, o órgão afirmou que a medida se deve à característica do transporte turístico (“que, diferentemente das linhas regulares, apresenta baixa rotatividade e menos fluxo de passageiros”, esclareceu em nota). Segundo o Detro, os usuários estarão mais seguros, uma vez que, para se legalizar, as empresas têm que cumprir exigências de documentação e vistorias da frota.

Últimas de Rio De Janeiro