Filho de Bolsonaro indica que impeachment foi articulação igual ao golpe de 64

Vereador publicou imagem em seu perfil no Twitter com a frase: 'Perderam em 1964, perderam em 2016!'

Por O Dia

Rio - O vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) compartilhou uma imagem em seu perfil no Twitter em que faz apologia ao Golpe Militar de 1964 e indica que o processo de impeachment de 2016 também foi uma articulação. "Perderam em 1964, perderam em 2016!", diz o texto da foto publicada com a imagem do pai, Jair Bolsonaro, remetendo ao discurso feito por ele durante a votação de impeachment na Câmara dos Deputados. 

LEIA MAIS: Filho de Jair Bolsonaro cuspiu em Jean Wyllys

Instituto defende que Jair Bolsonaro seja expulso

Jair Bolsonaro volta a defender coronel Ustra: 'Ele não foi condenado'

Em outros tweets, Carlos provocou os partidos que são contra o impeachment e agradeceu ao juiz Sérgio Moro e ao judiciário. 

Carlos é filho do deputado federal Jair Bolsonaro (PP), conhecido por seus posicionamentos nacionalistas e conservadores. Recentemente, Jair Bolsonaro reverenciou o torturador de Dilma, o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, durante votação do impeachment na Câmara.

Últimas de Rio De Janeiro