Guerra entre facções rivais deixa mortos no Juramento, em Vicente de Carvalho

Ao menos, duas pessoas morreram no confronto ocorrido na noite desta quinta-feira em comunidade da Zona Norte do Rio

Por O Dia

Rio - Uma guerra entre facções rivais deixou pelo menos dois mortos, na noite desta quinta-feira, no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio. Segundo as informações, uma adolescente de 14 anos não resistiu após ser baleada no tórax durante um confronto na comunidade. Um homem, de cerca de 50 anos, atingido por uma bala perdida, também teria sido encontrado morto em uma Kombi.

A menina chegou a ser levada para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, no entanto, morreu minutos após dar entrada na unidade. Ainda segundo informações, um outro jovem, também de 14 anos, foi baleado na favela ontem à noite. Encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Irajá, ele não correria risco de morte.

Nas redes sociais, moradores relataram a guerra no Morro do Juramento. Segundo os relatos, bandidos da facção Comando Vermelho (CV) tentaram retomar o controle da comunidade. Eles teriam entrado confronto com a facção que atua no local, a Amigo dos Amigos (ADA).

SUSTO NO METRÔ E ESCOLAS FECHADAS

Próximo à favela, a Linha 2 do metrô teria sido alvo do confronto. Um tiro teria atingido um trem que seguia em direção à Pavuna, por volta das 19h30. Assustados, usuários se jogaram no chão, temendo possíveis balas perdidas. A concessionária, responsável pelo serviço, no entanto, não admite que o trem foi baleado. Segundo o MetrôRio, um trem teve a janela atingida por uma pedrada, o que teria causado pânico entre os passageiros, na estação Vicente de Carvalho. A composição foi retirada de circulação para manutenção. Ninguém ficou ferido no local.

No final da noite, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar, teriam se deslocado até o Morro do Juramento, no entanto, a corporação ainda não divulgou informações sobre o caso. Na manhã desta sexta-feira, alunos estão sem aula naquela região.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a 5ª Coordenadoria Regional de Educação disse que três escolas, quatro creches e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) estão sem atendimento nas regiões do Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, e da favela Faz Quem Quer, em Rocha Miranda.

Juntas, as oito unidades atendem a 1.411 alunos no turno da manhã. Em nota, a secretaria disse que o conteúdo perdido será reposto. Na rede estadual de Educação, as unidades escolares funcionam sem problemas nesta manhã.

Últimas de Rio De Janeiro