Preso homem que matou namorada e enterrou corpo com um cavalo

Família denunciou que namorado da vítima era criador de cavalos na Baixada Fluminense

Por O Dia

André Luiz da Silva Sousa%2C 27 anos%2C tinha mandado de prisão temporária pela morte de Mariana Reis da SilvaDivulgação

Rio - Um homem de 27 anos acusado de matar a namorada e esconder o corpo num poço sob a carcaça de um cavalo em 2013 foi preso nesta sexta-feira por agentes da 53ª DP (Mesquita), na Baixada Fluminense. André Luiz da Silva Sousa, 27 anos, tinha mandado de prisão temporária pela morte de Mariana Reis da Silva, 24 anos.

O cavalo usado para esconder o cadáver acabou entregando o assassino. A família de Mariana sabia que André Luiz tinha uma criação de cavalos e o curral fica a cerca de 500 metros do local onde o corpo foi enterrado, em um matagal às margens da Via Dutra, altura de Nova Iguaçu.

Segundo as investigações, Mariana e André Luiz estavam juntos em uma festa de rua. Eles brigaram e ela foi embora sem falar com ele. O namorado se irritou e deixou festa de carro. Ele encontrou Mariana com um amigo e os abordou. Em seguida, André Luiz deu um tiro na cabeça do amigo da namorada e a obrigou a entrar no carro.

Últimas de Rio De Janeiro