‘Polícia não vai para rua distribuir água benta’, afirma Francisco Dornelles

Declaração é do governador em exercício durante entrevista

Por O Dia

"Polícia não vai para rua distribuir água benta', diz DornellesAlexandre Brum / Agência O Dia

Rio - O governador em exercício, Francisco Dornelles, pediu que a população apoie mais o trabalho da polícia e reforçou o discurso do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, de que, às vezes, os agentes devem ter reações duras. Em entrevista à ‘Rádio Globo’, Dornelles declarou:

“Cada vez que a polícia vai exercer o seu status policial, existe uma reação muito grande contra a polícia. Nós precisamos prestigiar a polícia, nós precisamos dar força a polícia, nós precisamos dar mais força ao secretário Beltrame e vender para a sociedade a ideia que polícia na rua não é para distribuir água benta, ela tem que proceder, saber as normas, não pode exagerar, não pode praticar violência onde a violência não é necessária, mas tem que ter uma atitude muito dura, todas as vezes que for necessária”, afirmou o governador.

Sobre os comentários da possível saída de Beltrame do cargo após os Jogos Olímpicos no Rio, que acontecem daqui a 73 dias, Dornelles respondeu: “Eu farei tudo que estiver ao meu alcance para que ele fique à frente da Secretaria de Segurança do Estado. Tudo, porque ele é um homem sério, competente, trabalhador. O Homem é um símbolo da segurança do Rio.”

Na última semana, Beltrame acusou alguns policiais de ‘fazerem corpo mole’ ao justificar o aumento da violência no estado e gerou mal-estar na tropa. Dornelles acrescentou ainda que está colocando em dia as gratificações dos policiais para motivar a tropa. “Nós estamos fazendo um esforço, inclusive você pode até conferir com eles, que estamos pagando todas as gratificações que estavam atrasadas, estamos botando em dia. (Vamos) Fazer esforço para que eles recebam mensalmente essa gratificação.”

Últimas de Rio De Janeiro