Professores da rede estadual mantém greve após assembleia

Greve já dura mais de 90 dias e conta com a adesão de alunos

Por O Dia

Rio - Em assembleia realizada nesta terça-feira, professores decidiram, por unanimidade, manter a greve. A reunião do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe-RJ) contou com cerca de 2 mil pessoas. A greve já dura cerca de 90 dias e ganhou a simpatia de alunos, que ocuparam colégios pedindo, entre outras coisas, melhorias na estrutura física das escolas.

O Sepe cobra que o governo "abra as contas do estado" para informar que serviços vai priorizar diante da crise, nas palavras da coordenadora-geral Marta Moraes. Eles denunciam também que funcionários da Secretaria de Educação (Seeduc) estariam por trás do movimento de desocupação dos colégios. 

Protesto

Cerca de 200 professores da rede realizaram, na tarde desta terça-feira, uma manifestação no Centro do Rio. Os profissionais da educação reclamam de uma suposta demora do governo de efetivar as negociações com o sindicato e contra a forma que os alunos do movimento “Ocupa” vêm sendo tratados por autoridades do Estado.


 
 
 
 
 

 

Cerca de 200 professores da rede estadual de ensino realizam, na tarde desta terça-feira (24), uma manifestação no Centro do Rio. Os profissionais da educação reclama de uma suposta demora do governo de efetivar as negociações com o sindicato e contra a forma que os alunos do movimento “Ocupa” vêm sendo tratados por autoridades do Estado.

Últimas de Rio De Janeiro