Portal paga recompensa a quem ajudar a prender membros de quadrilha

Criminosos integram bando especializado em assaltar agências bancárias e joalherias

Por O Dia

Rio - O Portal dos Procurados divulgou nesta quarta-feira cartaz que oferece recompensa por informações que ajudem a prender os integrantes de uma quadrilha especializada em assalto a banco e joalherias. São eles: Leandro Rabelo Gomes, Sander Muniz Moraes Sarmento Filho, o "Cara de Lata", e Udson Alessandro Cordeiro de Azevedo, apontado como chefe do bando. O serviço paga R$ 1 mil por cada um dos criminosos, todos com 38 anos e acusados de terem participado de um assalto a uma agência do banco Itaú, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade, neste ano, bem como de um assalto a uma joalheria, em abril, naquele bairro.

Dois integrantes da quadrilha, Antonio Tiago de Souza Fontarigo, 35 anos, o Galo, e Thiago Alberto Borges, o Russão do Parafal, 32, já foram presos no mês passado. Eles foram detidos quando seguiam da Barra da Tijuca, após o roubo à joalheria, em direção ao Morro do Fallet, no Rio Comprido, Zona Norte, onde pretendiam se reunir com o restante do bando para dividir o material roubado.

LEIA:

Polícia prende integrantes de quadrilha especializada em assalto a banco

Dupla é presa em flagrante após roubo a joalheria na Barra da Tijuca

Presos suspeitos de assaltar joalherias em shoppings do Rio

Nesta terça-feira, mais dois membros da quadrilha foram presos. São eles: Mannia Ebrenz Codeço, de 35 anos, a "Mel", e Sandro Gomes dos Santos, de 21, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. As prisões aconteceram na comunidade do Badu, em Niterói.

Portal paga recompensa por informações sobre integrantes de quadrilhaDivulgação

Todos os criminosos que estão foragidos possuem mandados de prisão expedidos pela Justiça. Contra Udson Alessandro Cordeiro de Azevedo, são três pelo mesmo crime: roubo majorado. Sander Muniz Moraes Sarmento Filho, o Cara de Lata, acumula quatro mandados, sendo um três por roubo majorado e um por organização criminosa. Ele ainda encontra-se na condição de evadido do sistema penitenciário, desde maio de 2013, quando estava no regime aberto, cumprindo pena na Casa do Albergado Crispim Ventino. O criminoso possui também anotações criminais por ameaça, lesão corporal, furto em estabelecimento comercial e falsa identidade. Já contra Leandro Rabelo Gomes, a Justiça expediu um mandado por roubo majorado e outro por organização criminosa. Ele possui anotações por homicídio, roubo de cargas, e a estabelecimento comercial.

CONFIRA: Presa dupla de assaltantes que roubou R$ 170 mil de banco em Macaé

As informações sobre os criminosos serão encaminhadas para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), que investiga o caso. Quem souber o paradeiro deles deve enviar mensagens para o WhatsApp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650, para a página do portal no Facebook (www.facebook.com/procurados.org) ou entrar em contato com o telefone do Disque-Denúncia pelo telefone (21) 2253-1177. O anonimato é garantido.

Últimas de Rio De Janeiro