Especialistas e lideranças fluminenses debatem futuro metropolitano

Encontro foi realizado nesta terça-feira, na sede do IAB

Por O Dia

Rio - Especialistas do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDUI), o Modelar a Metrópole, se reuniram nesta terça-feira com representantes da sociedade civil, empresariado, concessionárias e do poder público na quarta oficina do Plano, na sede do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), no Flamengo, Zona Sul.

O diretor-executivo da Câmara Metropolitana, Vicente Loureiro, lembrou a necessidade da participação no desenvolvimento do PEDUI. “Nessa fase, é importante que tenhamos uma conversa mais próxima para fazer um plano efetivo, que boa parte da população almeje, e que nos conduza a uma metrópole mais justa e com mais oportunidades“.

Especialistas e lideranças fluminenses debatem futuro metropolitanoAmando Paiva/Divulgação

Vicente dividiu a mesa de abertura com o presidente nacional do IAB, Sérgio Magalhães, e o presidente do IAB-Rio, Pedro da Luz. Magalhães definiu o Plano “como um meio de reduzir as desigualdades” e ressaltou a importância de que resulte na implantação de estruturas de planejamento no governo. “Esperamos que ao fim dessa etapa de planejamento, estejamos maduros para colocar o planejamento como função de Estado e assim renovarmos as esperanças de uma metrópole melhor para todos“.

Ao enumerar medidas que estão sendo adotadas pelo IAB do Rio de Janeiro, Pedro da Luz ressaltou a importância da Baía de Guanabara ao se pensar na Região Metropolitana. ”Pensamos em medidas que modifiquem esse cenário caótico dos municípios ao redor da Baía de Guanabara, de modo a garantir uma balneabilidade na área. Se a Baía for ambientalmente bem tratada, representará um reequilíbrio de bem viver dessa metrópole, o que é um tema central no Plano”.

Últimas de Rio De Janeiro