Candidato a vereador morre após ser baleado em Nova Iguaçu

Outro homem que não foi identificado também teria morrido

Por O Dia

Candidato a vereador foi baleado e não resistiu aos ferimentos Reprodução Internet

Rio - O professor Anderson Vieira Gomes, o Soró, 38 anos, diretor do Centro Educacional Corumbá, em Nova Iguaçu, foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira, em frente ao colégio, no bairro Corumbá. Atingido no tórax, abdômen, perna, braço e rosto, ele chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse), mas não resistiu aos ferimentos. O amigo dele, Shaolin Silva, 42, que estava no banco do carona, também foi atingido e morreu na hora.

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investigam o caso e não descartam crime político. Soró tentaria se eleger a vereador nas eleições pelo partido PRB, segundo amigos.

"Ele era membro do Conselho Comunitário de Segurança de Nova Iguaçu e cinco horas antes de ser morto, postou no Facebook que tinha conseguido uma viatura da Polícia Militar para ficar baseada em Corumbá. É estranho, pois isso pode ter revoltado alguém, já que lá é uma área perigosa”, contou um amigo de Soró, que pediu para não ser identificado. 

Últimas de Rio De Janeiro