Corpo de praticante de wingsuit será cremado nesta quarta-feira

Fernando Brito, 42 anos, foi homenageado pelo paraquedista Luigi Cani: 'Hoje o céu no Rio de Janeiro está de luto'

Por O Dia

Rio - Capitão de fragata da Marinha, Fernando Brito, de 42 anos, será cremado, na tarde desta quarta-feira, às 15h, no Memorial do Carmo, no Caju, Zona Norte do Rio. O velório começa às 8h e a cerimônia terá direito a honras militares.

Praticante do wingsuit — modalidade de paraquedismo conhecido pelo uso de um macacão com asas que permitem um voo em alta performance, similar a um pássaro —, o militar morreu no último domingo, após saltar da Pedra da Gávea, Zona Sul. Seu corpo foi encontrado nesta segunda-feira, numa localidade conhecida como "Cabeça".

Fernando Brito%2C 42 anos%2C morreu após saltar da Pedra da Gávea no último domingoReprodução

Solteiro, ele era pai de um menino. Além de saltar, o militar também mergulhava. Era membro de um grupo de mergulhadores de combate, tinha excelente preparo físico e estava habituado a situações de risco. Familiares e amigos ainda não sabem o que aconteceu naquele salto que o vitimou.

LEIA MAIS:

Praticante de wingsuit é encontrado morto na Pedra da Gávea

Praticante de wingsuit desaparece após saltar da Pedra da Gávea

"Você estava fazendo o que gostava e devia estar feliz. É isso que importa", escreveu um primo do atleta, Danilo Tavares, no Facebook. Ele postou uma foto de quando os dois eram crianças e lamentou: "Não deu tempo de repetir essa foto, mas aonde quer que você esteja agora tenho certeza que está levando alegria".

Famoso paraquedista, Luigi Cani também lamentou a morte de Fernando. "Meus sentimentos e respeito aos familiares do amigo Fernando Brito. Hoje o céu no Rio de Janeiro está de luto, e nós muito tristes", disse.

Luigi Cani postou foto com Fernando no FacebookReprodução
Primo de Fernando%2C Danilo Tavares lamentou%3A 'Não deu tempo de repetir essa foto'Reprodução


Últimas de Rio De Janeiro