Prefeitura vai remover pardais eletrônicos da Avenida Edgard Romero

Comissão de Transportes da Alerj requisitou retirada de equipamentos para trânsito fluir

Por O Dia

Rio - A Prefeitura do Rio decidiu retirar, a partir da próxima sexta-feira, os pardais instalados na Av. Ministro Edgard Romero, entre as ruas Conselheiro Galvão e o Campo do Cajueiro, e os próximos ao BRT do Mercadão de Madureira, na Zona Norte. A informação foi divulgada ontem pelo vice-presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa (Alerj), deputado Dionísio Lins (PP). 

De acordo com Lins, o prefeito Eduardo Paes determinou que, a partir de sexta-feira, a CET Rio desligue e retire todos os equipamentos, para facilitar a circulação na região. Paes dever se pronunciar hoje sobre o assunto.

“O trânsito na Zona Norte já é caótico e os pardais, que proíbem que carros passassem pela Edgard Romero, deixam o trânsito ainda pior. Sem contar as milhares de multas aplicadas diariamente, ainda tem a questão da segurança, já que os motoristas saem do Viaduto Negrão de Lima e entram na Rua Andrade Figueira, onde o índice de roubos de veículos e assaltos é muito grande”, argumentou.

Lins ressalta ainda que não há placas alertando para a existência dos equipamentos, alguns encobertos, dificultando a visualização. “Aquela localidade transformou a vida dos condutores numa verdadeira pegadinha de mau gosto”, brincou.

Na semana passada, O DIA mostrou com exclusividade como os motoristas do Rio vêm reclamando do excesso de multas aplicadas pela Guarda Municipal, que chega a registrar uma multa a cada 30 segundos. Só em 2015 foram emitidas 1,01 milhão de autos de infração, o equivalente a 117 por hora. As punições geraram R$ 187 milhões para os cofres públicos no ano passado. Em nota, a GM informou semana passada que não é responsável pela fiscalização eletrônica na cidade e discorda que 80% das 826 ligações ao Disque-Multa, da Alerj, sejam relativas às queixas contra aplicações indevidas de multas pela GM, conforme informou o deputado.

Últimas de Rio De Janeiro