Policial morre após tentativa de assalto na Avenida Brasil, altura de Cordovil

O terceiro sargento Eduardo Araujo de Souza, 37 anos, estava na Polícia Militar há 15 anos. Suspeito foi baleado em ação

Por O Dia

O terceiro sargento Eduardo Araujo de Souza%2C de 37 anos%2C estava na PM há 15 anos Reprodução

Rio - Uma tentativa de assalto ocorrida na Avenida Brasil, na altura do Trevo das Missões, em Cordovil, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira, terminou com um policial morto e o suspeito baleado.

Lotados no Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar, o terceiro sargento Eduardo Araujo de Souza, de 37 anos, e o soldado Pedro Ambrosini Monteiro Coelho, de 38, seguiam de carro na pista em direção ao Centro, na companhia de Sabrina Drumond de Medo, esposa do sargento, quando o veículo foi interceptado por Wagner Jorge Resende, 22 anos.

Pedro reagiu, atirando em Wagner. Atingido no abdômen, o suspeito fez disparos contra Eduardo. O terceiro sargento foi encaminhado ao Hospital Getúlio Vargas, na Penha, porém não resistiu. Wagner também foi socorrido àquela unidade, onde segue internado. Não há informações do seu estado de saúde. Sabrina nada sofreu.

Agentes do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE) encaminharam a ocorrência para a Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital). Segundo a Polícia Militar, o terceiro sargento Eduardo estava na corporação há 15 anos.

LEIA MAIS: Em 12 horas, cinco policiais militares foram baleados no Rio

Últimas de Rio De Janeiro