PM faz pente-fino para achar bandidos em favelas da Região Metropolitana

Diversas operações são realizadas nesta segunda-feira com o objetivo de prender bandidos que possam ter participado do resgate de um traficante no Hospital Souza Aguiar

Por O Dia

Rio - A Polícia Militar realiza operações em diversas favelas da Região Metropolitana do Rio nesta segunda-feira com o objetivo de prender bandidos que vêm praticando roubos e latrocínios (roubo seguido de morte) e que possam ter participado do resgate de um traficante no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro da cidade, na madrugada deste domingo.

Agentes do 18º BPM (Jacarepaguá) atuam na comunidade da Covanca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Naquela região, policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) fazem uma operação no Morro São José Operário, na Praça Seca. Já os policiais do 41º BPM (Irajá) fazem operação no Complexo do Chapadão, em Costa Barros, na Zona Norte. Na Zona Oeste, as comunidades do Rola e de Antares, em Santa Cruz, são alvo de uma ação do 27º BPM (Santa Cruz). O 14º BPM (Bangu) atua nas favelas de Santo André e 48.

LEIA MAIS:

PM sabia de invasão ao Souza Aguiar, mas não reforçou policiamento

Eduardo Paes diz que ataque ao Souza Aguiar é 'chocante e inadmissível'

Áudio: Traficantes comemoram resgate de preso do Hospital Souza Aguiar

'A gente está desprotegido', diz policial que fazia custódia de preso resgatado

GALERIA DE FOTOS: Bandidos invadem Souza Aguiar para resgatar preso

Portal dos Procurados oferece R$ 3 mil pelo paradeiro de traficante resgatado

Ainda na capital fluminense, o 1º Comando de Policiamento de Área (CPA) faz operação em outras favelas, como a comunidade Santo Amaro, no Catete, que seria chefiada pelo traficante Fat Family; Bandeira 2, em Del Castilho; Mangueira/Telegrafo e Visconde de Niterói, na região de São Cristóvão; Borel e no entorno da comunidade da Rua São Miguel, na Tijuca; Furquim Mendes, em Jardim América; Vila Juaniza, na Ilha do Governador; no acesso à comunidade do Tabajaras, na Rua Santa Clara, e acesso ao Pavãozinho, na Rua Sá Ferreira, em Copacabana; no acesso à comunidade Vila do João e Parque União, na Avenida Brasil, no Complexo da Penha; na Cruzada São Sebastião, no Leblon, e na Rua Sacopa, na Lagoa, um dos acessos aos Tabajaras.

Na Baixada Fluminense, o  3º Comando de Policiamento de Área (CPA) realiza operação nas comunidades do Jardim Gramacho, Vila Ideal, Lixão e Vai Quem Quer, na área do 15º BPM (Caxias); nas favelas da Guarajuba, Bom Jardim, Sabugo, Delamare, Ferroviário e Piu Piu, sob responsabilidade do 24º BPM (Queimados); nas comunidades Bacia de Éden, Igrejinha, São Matheus, Caixa D'Água Vila Tiradentes, em São João de Meriti; e nas da Facção, na região de Mesquita.

Em Nova Iguaçu, policiais fazem uma operação nas comunidades do K11, Cruzeiro, Grão-Pará, no conjunto da Marinha, na Danon e no Parque das Palmeiras. Em Nilópolis, as comunidades Novo Horizonte e Bairro da Mina são alvo dos agentes. Em Mesquita, policiais fazem operação na comunidade da Bacia, Coréia, Sebinho e Chatuba. Homens do 34º BPM (Magé) realizam uma operação nas favelas Maringá, Barbuda e Piedade. Policiais do 39º BPM (Belford Roxo) atuam nas comunidades do Roseiral, Castelar e Parque Floresta. Em Niterói, Região Metropolitana, policiais fazem operação na comunidade do Caramujo. Já em Itaboraí, homens do 35°BPM (Itaboraí) atuam no Complexo Reta Velha e Rua 100.

Últimas de Rio De Janeiro