Foto de desnível em trecho da ciclovia Tim Maia em São Conrado assusta

Geo-Rio disse que desnível está previsto. Internautas questionaram diferença entre pista e mirante

Por O Dia

Rio - Fotos do trecho Joá da Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, viralizaram e assustaram internautas. Nas imagens, um desnível é percebido entre a pista e a parte que fica o mirante. De acordo com a Fundação Geo-Rio, a diferença entre os pisos estava prevista no projeto e não há riscos. A ciclovia é a mesma que parte desabou na Avenida Niemeyer, deixando dois mortos.

As imagens foram postadas no Instagram de um instrutor de parapente, que costuma realizar voos na região. "Alguma coisa está fora da ordem! Olha a diferença entre a pista e o mirante!", disse na última quinta-feira em uma das publicações como fotos na rede social mostrando o desnível, que deixa um buraco exposto.

Desnível da pista da ciclovia e mirante assustou frequentadores de São ConradoInstagram / Voo Livre no Rio

Seguidores mostraram preocupação. "Eu não passo ali nem q me paguem!", disse um internauta. "Parece que voar é mais seguro que pedalar...", brincou outro.  A Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro (CSCRJ ) postou um comunicado no Facebook esclarecendo que a pista não estava "desmoronando" e criticou a disseminação das imagens vinculadas a riscos aos ciclistas. A CSCRJ também informou que acompanha as investigações sobre a queda no trecho da Niemeyer para que os culpados pelas mortes sejam punidos.

LEIA MAIS

Parte da ciclovia de São Conrado desaba na Avenida Niemeyer

Reabertura de ciclovia depende de estudos sobre impacto das ondas

Com atraso, laudo sobre desabamento de ciclovia é analisado por delegado

Onda que atingiu ciclovia era seis vezes mais forte do que a estrutura

Foto da Geo-Rio mostra desnível%3A Fundação afirma que diferença entre pisos está prevista no projetoDivulgação

Segundo a Fundação Geo-Rio, a ciclovia ainda não foi aberta à população e o mirante vai abrigar um bicicletário no acesso. Ainda de acordo com o órgão, a diferença dos pisos está prevista no projeto e foi mantida por conta da inclinação da pista . "Ela já foi construída com esta solução de engenharia justamente para respeitar a topografia do terreno neste acesso, que é uma rampa", diz a nota, que ressalta que o bicicletário será uma "solução" para o desnível e prevenirá acidentes.

A ciclovia faz parte do Novo Joá e o trecho com desnível também passa pela rechecagem da perícia independente contratada pela Prefeitura do Rio para avaliar estruturalmente toda extensão da ciclovia Tim Maia, desde o Leblon até a Barra da Tijuca. A entrega do trecho Joá está programada para agosto.

Montagem mostra projeto do bicicletário na área do desnível em cicloviaDivulgação


Últimas de Rio De Janeiro