Procon descarta mais de 200 kg de alimentos em padarias da Zona Norte

Estabelecimentos foram notificados para apresentar melhorias. Caso não cumpram regras, serão multados

Por O Dia

Procon Carioca descarta mais de 200 kg de alimentos em padarias da Tijuca e MaracanãDivulgação

Rio - Agentes do Procon Carioca e da Subprefeitura da Tijuca descartaram, nesta quarta-feira, mais de 200 kg de alimentos em duas padarias da Tijuca e Maracanã, na Zona Norte. Ao todo, eles fiscalizaram cinco estabelecimentos nos bairros. Na padaria Princesinha, que fica na Rua Almirante João Cândido Brasil, no Maracanã, os fiscais inutilizaram 198,4 kg de produtos fora dos padrões para consumo.

Segundo o Procon, os alimentos estavam armazenados de forma inadequada, o que poderia comprometer a qualidade da comida. Além disso, foi constatada ainda a falta de higiene na cozinha. Procurado pelo DIA, o responsável pelo local não foi encontrado até a publicação desta reportagem.  

Já na padaria Santa Marta, que fica na Rua Conde de Bonfim, nº 25, na Tijuca, foram inutilizados 4,9 kg de produtos, que estavam com o prazo de validade vencido, sem identificação do fabricante ou mal acondicionados. O Procon informou ainda que na cozinha havia muita sujeira.

De acordo com o gerente do estabelecimento, Junior Silva, as mercadorias estavam "sendo produzidas no momento em que os fiscais chegaram" ao local. "Eles disseram que os alimentos não podiam estar da forma que estavam, que não podiam ser manipulados daquela forma. Não tínhamos nada fora da validade. Temos acompanhamento de nutricionista, estamos com tudo em dia", explicou.

Os estabelecimentos foram notificados para apresentar melhorias e poderão ser multados, em caso de descumprimento das exigências.  

Não foram encontradas irregularidades nos seguintes estabelecimentos: Padaria Rita de Cassia (Rua Conde de Bonfim,  28 - Tijuca); Padaria Trigus ( Rua Mariz e Barros, 470 A – Maracanã) e  na padaria Galpão Gourmet (Rua Barão de Mesquita, 370 - Vila Isabel).

Últimas de Rio De Janeiro