Por gabriela.mattos

Rio - Uma tentativa de assalto terminou em tragédia na tarde desta sexta-feira, em Marechal Hermes, na Zona Norte do Rio. Uma professora aposentada de 71 anos foi morta após ser atingida no peito por uma bala perdida. Os dois suspeitos, que tentaram assaltar um entregador de farmácia, foram capturados por moradores e a dupla acabou sendo agredida com socos e pontapés. Os suspeitos ainda tiveram as mãos amarradas para trás até a chegada de policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda). 

Sônia Maria Borges de Freitas ainda chegou a ser levada para o Hospital Estadual Carlos Chagas, mas já chegou sem vida na unidade. Ela caminhava do outro lado da Rua Alexandre Gasparoni quando foi atingida. Sônia era aposentada da rede municipal, morava no bairro há 66 anos e estaria indo a caminho de uma Igreja Messiânica, no mesmo bairro. O enterro deve acontecer hoje, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap.

O comandante do 9º BPM (Rocha Miranda), tenente-coronel Ivan Araújo, afirmou que os dois suspeitos — um deles menor de idade — seriam de uma comunidade de Costa Barros, na Zona Norte. “Pelo que parece são de fora e vieram roubar aqui. No local onde a idosa foi morta não há muitos crimes. Os bandidos foram cercados pela população e fizemos a prisão. O mais velho estaria armado”, explicou.

Os jovens chegaram a ser medicados também no Hospital Carlos Chagas e depois foram encaminhados à Central de Garantias Norte, na Cidade da Polícia, na Zona Norte. A arma do crime, um revólver calibre 32, estava com um dos suspeitos, que teria 18 anos. O outro seria um menor de 17.

De acordo com moradores, a dupla, como não conseguiu roubar a motocicleta, tentou fugir a pé. Nas redes sociais, moradores apoiaram o linchamento aos criminosos. “Só faltou fogo neles”, diz uma das postagens.

Você pode gostar