Internautas relatam arrastão em frente a shopping na Avenida Brasil

Segundo informações, homens armados com fuzis e pistolas cometeram crime em uma das vias mais importantes do Rio. Mais cedo, criminosos realizaram arrastão em Oswaldo Cruz

Por O Dia

Motorista sai do carro durante arrastão na Avenida BrasilWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - Armados com fuzis e pistolas, aproximadamente dez homens levaram pânico as frequentadores do shopping Jardim Guadalupe e a dezenas de motoristas que trafegavam pela Avenida Brasil, na altura de Guadalupe, Zona Norte do Rio, no início da noite deste domingo, segundo relataram internautas nas redes sociais. Fotos que mostram motoristas abandonando seus carros e procurando abrigo em pleno tumulto na via expressa foram compartilhadas na Internet. "Até quando isso vai acontecer? Estamos entregues à violência! Lamentável", reclamou um internauta no Twitter.

Segundo as informações, uma vítima, que teve seu Siena roubado em frente ao shopping durante o arrastão, compareceu à 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) para registrar uma ocorrência. Ainda de acordo com as informações, outra vítima foi até a 40ª DP (Honório Gurgel) registrar o roubo de seu carro, um Voyage vermelho. Ela também teria sido vítima do crime que chocou quem passava pela Avenida Brasil, por volta das 18h30. Relatos apontam que muitos veículos foram roubados no local.

O DIA solicitou mais informações sobre o arrastão à Polícia Militar, no entanto, a corporação informou , através de sua assessoria de imprensa, que o Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), responsável pelo policiamento na Avenida Brasil e nas outras vias expressas do Rio, não foi acionado para a ocorrência.

Em nota enviada às 19h31, a PM limitou-se a dizer que a "Avenida Brasil recebe patrulhamento ostensivo do BPVE e conta com apoio, quando realiza operações de fiscalização no trânsito, do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE) e setor de motopatrulha do Batalhão de Choque".

Ainda de acordo com a corporação, uma guarnição dava apoio ao patrulhamento do 41º BPM (Irajá) no Morro do Chaves, próximo da região onde houve o arrastão. Uma viatura, segundo a PM, estaria fazendo rondas nesta área perto do shopping em Guadalupe.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com a Polícia Civil para checar quantas vítimas procuraram as delegacias da região para fazer o registro das ocorrências.

Assustados%2C motoristas sairam de seus carros durante o arrastão na Avenida BrasilInternauta %40Lorransenffc / Twitter

Arrastão em Oswaldo Cruz acontece durante o dia

Por volta das 14h20 deste domingo, outro arrastão foi registrado na Zona Norte do Rio. Bandidos abordaram motoristas nas ruas de Oswaldo Cruz. Um morador filmou o momento em que um motorista é abordado no cruzamento da ruas Paulo Prado e Mogurari. Nas imagens, um bandido aparece descendo de um carro branco com uma arma em punho e seguindo na direção de um carro preto.

Sete veículos aparecem no vídeo que foi compartilhado nas redes sociais e enviado ao WhatsApp do DIA (98762-8248). Segundo os relatos de moradores da região, os criminosos roubaram um Onix preto, um Sentra branco, um HB20 branco, entre outros veículos.

Segundo a Polícia Militar, o 9° BPM (Rocha Miranda) foi acionado e enviou viaturas para o local, mas, quando os policiais chegaram, os criminosos já haviam fugido. Eles não encontraram vítimas ou testemunhas e fizeram buscas na região.

Uma guarnição seguiu até a 28ª DP (Campinho) para buscar mais informações sobre o crime e encontrou uma vítima registrando o caso. O comando do batalhão ordenou que o patrulhamento seja intensificado na região. Em nota, o 9º BPM pediu à população que mande pistas que ajudem a identificar os bandidos que realizaram o arrastão para o WhatsApp da unidade (99952-1325).

Quarteto é preso com fuzil e granada de fabricação caseira na Avenida Brasil

Policiais do 41º BPM (Irajá) prenderam quatro homens na Avenida Brasil, na altura de Deodoro, neste domingo. Com eles, os policiais apreenderam um fuzil e uma granada de fabricação caseira. Além disso, o carro usado pelo grupo, que era roubado, foi recuperado.

Os agentes desconfiaram quando os suspeitos acessaram a pista sentido Zona Oeste da Avenida Brasil, através da Avenida Prefeito Sá Lessa, em Coelho Neto. Os agentes deram ordem de parada ao veículo e realizaram uma revista em seu interior, encontraram o fuzil e a granada. Os policiais verificaram que o carro era roubado após consultar a placa do veículo. Os agentes encaminharam os suspeitos com o material apreendido para a 34ª DP (Bangu), onde o caso foi registrado.

Médica morre após ser baleada em tentativa de assalto na Linha Vermelha

Uma médica morreu depois de ser baleada durante uma tentativa de assalto na Linha Vermelha, na altura da Pavuna, na Zona Norte do Rio, na noite deste sábado. Giselle Palhares Gouvêa, de 34 anos, não resistiu aos ferimentos, após ser encaminhada ao Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O crime ocorreu por volta das 19 horas, de acordo com a Polícia Civil. Ela estava sozinha em seu carro.

No último quadrimestre, o número de latrocínios (roubos seguidos de morte) registrados no Estado do Rio de Janeiro cresceu 28%, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2015, 57 pessoas morreram em decorrência deste crime. Já neste ano, o número saltou para 73.

LEIA MAIS:

'Nunca achei que fosse ocorrer comigo', diz marido de médica morta em assalto

Médica é morta a tiros na Linha Vermelha

Mais três são mortos em tentativas de assalto no Rio

PM reage a tentativa de assalto e acaba ferido na Dutra, em São João de Meriti

Últimas de Rio De Janeiro