PM morto em emboscada é enterrado e Jair Bolsonaro presta solidariedade

Deputado federal esteve no velório e sepultamento do policial, morto no domingo quando estava a caminho do trabalho

Por O Dia

Rio - O corpo do policial militar José Josenildo Alves dos Santos foi enterrado nesta terça-feira no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste da cidade. Sob forte comoção, familiares, amigos e colegas de farda se despediram do PM. Ele foi morto em uma emboscada no último domingo.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) esteve presente na cerimônia prestou solidariedade à familia do policial e a outros agentes de segurança presentes no Cemitério. "Não vamos trazer segurança para o nosso povo com essa canalha política de direitos humanos", escreveu em sua página no Facebook. 

LEIA MAIS: PM sai para trabalhar e é executado na Avenida Brasil com tiro na cabeça

Jair Bolsonaro compareceu a enterro de PM morto em emboscadaEstefan Radovicz / Agência O Dia

Morto em emboscada

Lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de Manguinhos, José Josenildo saiu cedo para trabalhar no domingo, mas nunca chegou ao trabalho. Preocupada após o marido não chegar depois do plantão, sua mulher ligou para a unidade e descobriu que o soldado não havia chegado ao posto. 

Em seguida, ela descobriu que o corpo do marido foi encontrado no Instituto Médico Legal (IML) da Avenida Francisco Bicalho, no Centro. Segundo informações, o PM foi assassinado com um tiro na cabeça, dois nas costas, um no braço e um no abdômen. O carro do policial estava pichado com dizeres de "Morre PM" e "CV (Comando Vermelho).

Família se despede de PM morto em emboscadaEstefan Radovicz / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro