Portal pede informações de suspeitos de matar dois policiais militares no Rio

José Josenilson era da UPP Manguinhos e Denilson Theodoro fazia a segurança do prefeito do Rio, Eduardo Paes

Por O Dia

Rio - O Portal dos Procurados divulgou um cartaz, nesta terça-feira, para pedir informações de suspeitos de envolvimento em mortes de José Josenilson Alves dos Santos, de 30 anos, que era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Manguinhos, e de Denilson Theodoro de Souza, de 48 anos, que fazia a segurança do prefeito Eduardo Paes.

José Josenilson saiu para trabalhar e não chegou ao seu destino final. Ele foi morto a tiros no acesso da Rodovia Washington Luiz para a Avenida Brasil, na altura da Cidade Alta, na Zona Norte do Rio. O corpo do soldado foi encontrado por volta das 5h40m da madrugada do último domingo. De acordo com a polícia, ele estava com um coldre vazio na cintura e sem qualquer documento de identificação.

Portal dos Procurados pede ajuda à população na identificação dos assassinos de dois policiais militaresDivulgação

Neste mesmo dia, o tenente Denílson Theodoro foi assassinado durante um assalto na Pavuna, na Zona Norte do Rio. Ele trabalhava na equipe que fazia a segurança do Prefeito do Rio, Eduardo Paes, há quatro anos. Ele reagiu a um assalto e trocou tiros com suspeitos que tentavam levar o seu carro, na Rua Sargento Antonio Ernesto. Ele estava há 29 anos na PM, era casado e deixa mulher e dois filhos, um menino de 16 anos e uma menina de 9 anos..

O Portal pede à população que quem tiver informações sobre os assassinos dos dois policiais militares, favor denunciar, pelos seguintes canais: aplicativo de mensagens do WhatsApp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650, via InBox, pelo Facebook dos Procurados – endereço eletrônico: https://www.facebook.com/procurados.org/ ; ou entre em contato com a mesa de atendimento do Disque-Denúncia pelo telefone (21) 2253-1177.


Últimas de Rio De Janeiro