Morre idosa que caiu do vão entre trem e plataforma em estação de Nova Iguaçu

Janete Catarina Carniele, 66 anos, chegou morta o Hospital da Posse. Queda aconteceu na manhã desta quarta-feira

Por O Dia

Rio - A idosa que caiu no espaço entre o trem e a plataforma na estação Austin, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, chegou morta ao Hospital da Posse, também no município. O acidente aconteceu no início da manhã desta quarta-feira, por volta das 6h10, durante o embarque e desembarque de um trem que seguia em direção a Japeri.

Janete Catarina Carniele, 66 anos, teria sido atingida pelo trem após a queda. Ela chegou a ser socorrida por agentes de controle da estação, que acionaram os bombeiros e o Grupamento de Policiamento Ferroviário. Mas ela chegou sem vida ao hospital, segundo a unidade.

Procurada, a SuperVia não se pronunciou sobre a morte da passageira e nem das circunstâncias. Muitos passageiros reclamam do enorme espaço que existe entre o trem e a plataforma. Ontem, em nota, disse considerar "imprescindível o respeito às normas e procedimentos de segurança, como forma de evitar acidentes durante o embarque e desembarque, que colocam em risco os passageiros e a segurança da operação ferroviária".

"Entre as ações está o sistema sonoro dos trens, que indica o momento em que as portas estão se fechando com o intuito de evitar acidentes; adesivos que são colados juntos às portas, orientando que os passageiros não apoiem as mãos nestes locais; além da disponibilização de faixas amarelas, alertando que os passageiros mantenham uma distância segura da linha dos trens quando aguardam as composições nas plataformas", acrescentou a SuperVia, no comunicado.

Últimas de Rio De Janeiro