Grupo teria sido atacado em ônibus do BRT na Zona Oeste

Três dos 5 amigos eram homossexuais. Caso não chegou a ser registrado e concessionária negou a ocorrência

Por O Dia

Rio - Cinco jovens, entre eles três amigos homossexuais, teriam sido atacados por um grupo de dez homens, na madrugada de ontem, num ônibus do BRT, na estação da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio. Uma mulher, de 25 anos, foi empurrada por um criminoso para fora do coletivo, que não estava em movimento e se machucou. Ela teve ferimentos nas pernas e joelhos. A assessoria de imprensa do BRT informou que não teve ‘nenhum registro do episódio’. O grupo preferiu não fazer registro em nenhuma delegacia.

“Fui arrastada para fora do ônibus por um que parecia muito bem saber o que estava fazendo. Puxava meu braço com toda força enquanto eu relutava e tentava voltar para dentro do ônibus. Meu maior medo era o motorista dar partida comigo sozinha com aquele homem na plataforma. Empurrei com força e entrei. Acredito que foi violência sem justificativa, mas também homofobia”, lembrou uma vítima. Os jovens, que vinham de uma festa na Taquara, iam para Olaria. Eles conseguiram fugir do bando.

Últimas de Rio De Janeiro