Menino perde a mão em explosão de granada no Chapadão

A criança teria encontrado o explosivo em sua rua e, em seguida, levado para casa onde aconteceu o acidente

Por O Dia

Rio - Um menino perdeu a mão direita, na manhã desta quarta-feira, ao segurar uma granada encontrada no Complexo do Chapadão, Zona Norte do Rio. De acordo com policiais do 3° BPM (Méier), Luiz Rodrigo Costa Santana, de três anos, teria levado o artefato para a sua casa na Rua Chico Nunes e, ao tentar se desfazer da granada, ela explodiu em sua mão.

Por causa dos estilhaços, o menino teve a mão direita decepada. Inicialmente, os avós da criança o levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Costa Barros, mas depois Luiz foi encaminhado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte. Ele chegou ao local com a sua avó, Odinéia Costa, às 13h07, sentindo falta de ar e lúcido. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a criança encontra-se na sala de cirurgia.

Saiba mais:

Tiroteio em favelas deixa homem morto e mais de 600 crianças sem aulaTiroteio assusta moradores do Complexo do Chapadão

Avô do menino, João Batista Machado contou que estava em casa com a mulher, enquanto o neto brincava com o irmão do lado de fora da residência. "Quando saímos de casa, encontramos ele sangrando, sem a mão. Foi um susto grande. Pensei que ele tivesse morrido", lembrou.


Últimas de Rio De Janeiro