Argentino suspeito de abusar de enteada é preso em Ilha Grande

Segundo a Polícia Federal, o crime teria ocorrido durante 12 anos e iniciado quando a vítima tinha cinco anos

Por O Dia

Rio - A Polícia Federal prendeu, nesta quarta-feira, um argentino, de 48 anos, suspeito de abusar sexualmente de sua enteada na cidade de La Plata, na Argentina. Ele foi encontrado em Ilha Grande, em Angra dos Reis, na Região dos Lagos, onde vivia há alguns meses. Os agentes da representação regional da Interpol no Rio efetuaram a prisão preventiva para fins de extradição por ordem do Supremo Tribunal Federal, a quem cabe análise deste tipo de pedido.

O argentino foi denunciado, em 2014, pelo namorado da vítima, então com 17 anos, a quem ela relatou o ocorrido, levando os fatos ao conhecimento da mãe da jovem que procurou a polícia. Apurou-se que os abusos teriam ocorrido durante 12 anos e se iniciado quando a vítima tinha cinco anos. Além disso, o acusado mantinha um perfil em rede social onde fazia contato com menores de idade.

Após os procedimentos de praxe, foi conduzido ao sistema prisional onde aguardará a conclusão do procedimento de extradição com o seu encaminhamento para a Argentina.

Últimas de Rio De Janeiro